Cada homem pode utilizar o extensor PeniMaster.

Pénis com volume reduzido por excesso de peso

Causas do pénis curto por obesidade

Frequentemente, os homens obesos têm pénis mais curto do que homens com peso normal ou peso a menos. Esta impressão subjectiva que se ganha em visitas a saunas ou praias de nudismo manifesta-se pela observação de homens que após muita redução de peso não raras vezes apresentam pénis muito mais comprido. A correlação entre excesso de peso e pénis pequeno baseia-se em duas causas. Existe diferença entre pénis aparentemente pequeno por peso a mais e pénis (retractivo), com volume verdadeiramente reduzido.

Pénis aparentemente curto por gordura ambiente

O pénis apresenta aspecto visualmente curto quando, na base (parte inferior, ponto de saída do corpo), está rodeado por gordura excessiva. O comprimento orgânico real do pénis não fica reduzido, mas sim o comprimento útil para a penetração. 10 kg de excesso de peso significam cerca de 1 cm de redução óptica do pénis o que também corresponde à redução do comprimento de estimulação sexual. Exemplo: Um homem de peso normal de 80 kg, com pénis erecto de 16 cm, teria disponível, se tivesse excesso de peso de 130 kg, só cerca de 11 cm de comprimento visível e útil do pénis erecto. Os demais 5 cm estariam escondidos debaixo da avental de gordura.

Perda real do volume do pénis (pénis retractivo) por doenças originadas por peso a mais

O efeito retractivo não tem a sua causa no excesso de peso, mas sim nos problemas patológicos frequentemente resultantes. Não são raros os casos nos quais homens obesos sofrem de diminuição de hormonas sexuais, com o resultado de terem problemas de erecção ou a frequência de erecções descer. Isto pode agravar a degeneração dos corpos cavernosos por fornecimento insuficiente de oxigénio. Também problemas com a circulação sanguínea, hipertensão sanguínea e outros fenómenos negativos que acompanham a obesidade têm impacto negativo sobre a capacidade eréctil e, indirectamente, a saúde e estatura do pénis.

Se os dois aspectos mencionados ocorrerem simultaneamente, o efeito negativo sobre o comprimento do pénis poderá ser drástico.

Perder peso para tratar a causa

O melhor prolongamento peniano e aliás recomendável por razões gerais de saúde é, para o homem obeso, a redução de peso: Alterar a nutrição + movimento.

Através da extensão do pénis, o PeniMaster pode obter verdadeiro alongamento, o que detém a redução visual do pénis nos casos de obesidade. O treino do tecido peniano com o extensor PeniMaster pode deter a retracção do pénis, originada por fenómenos negativos que acompanham a obesidade.