Fixação da glande pelo extensor PeniMaster PRO Base

PeniMaster®PRO

Três forças físicas diferentes para a fixação da glande

PeniMaster PRO segura a glande com três forças físicas diferentes, cuja combinação permite uma fixação segura e repouso cuidado dos tecidos: Doseador de subpressãoAdesãoFixação efectiva.

[!] Técnicas de fixação*, que se baseiam na pressão, contusão ou reforço do pénis ou glande, não são utilizadas.


Resultado

PeniMaster PRO permite uma fixação segura do pénis esticado, enquanto outros produtos semelhantes, quando confrontados com suor, gorduras ou óleos, impossibilitam uma fixação segura.


PeniMaster®PRO combina as seguintes forças físicas

1. Fixação efectiva – o princípio do gancho de reboque

Uma membrana de látex de 0,3 mm que se adapta automaticamente à glande, cobre tenazmente a glande ao introduzi-la na câmara da glande do PeniMaster PRO, e não deixa que a glande se comprima (entalar) ou que com a subpressão se expanda (inchar). Ao introduzir, a membrana permite estabilidade mesmo com a subpressão. 
A câmara da glande permite, devido ao seu design e aos seus contornos interiores, que a glande não escorregue para fora do sistema. Para outro tipo de adaptações das formas, podem, se desejado, ser colocados anéis na abertura da câmara da glande. Este aparelho permite assim que os homens o configurem de modo a que fique o mais confortável possível. 
Assim o PeniMaster PRO permite que glande, membrana e câmara da glande se segurem como um gancho de reboque. Este tipo de ligação mantém-se também durante as várias fases de alteração do tamanho da glande, graças à membrana adaptativa, uma característica excelente do PeniMaster PRO. Devido à força de tracção ser rectangular e estar espalhada sobre a superfície da glande, a carga é mínima sobre o tecido. PeniMaster PRO pode ser aplicado sem que grandes forças sejam transmitidas à glande.

continuar a ler o texto

Fixação à glande da base do PeniMaster PRO, com válvula standard
Penimaster Made in Germany

PeniMaster®PRO

  • combina 3 forças físicas com vista à fixação do pénis (união por forma, vácuo, adesão)
  • não utiliza técnicas de fixação que exercem pressão sobre o pénis
  • garante compatibilidade fisiológica óptima, com
    fixação excelente
  • retenção segura - não só do pénis desengordurado e seco
  • membrana que é continuamente adaptada à anatomia actual da glande durante o tratamento
  • câmara anatomicamente adaptada, contra deformação da glande
Significado da união por forma para fixar o pénis

união por forma é a força físico-mecânica de retenção mais estável e segura. A união por forma liga os corpos eficazmente pela transmissão da força quase sem perdas: A corrente e o carrete da bicicleta, o parafuso e a porca ou o gancho e o ilhó sem peças entre si ligadas mediante união por forma. 
A vantagem fisiológica da união por forma é com respeito à extensão peniana a combinação única da elevada força de adesão, com carga mínima exercida sobre o pénis e a glande. 
Porém: Os exemplos mostram que a união por forma implica em (grande medida) corpos sólidos - e é esta condição que não pode ser cumprida pelo pénis dada a sua estrutura flexível.
Em face das excelentes vantagens físico-fisiológicas foi um dos objectivos ambiciosos do desenvolvimento do PeniMaster PRO, aproveitar a união por forma como força substancial de adesão para fixar o pénis.